"Página da Sandra"
Blog com mensagens, culinária, fé, ecologia, variedades…

Salvação

O cristão deve fazer a diferença

601102_73040170Vivemos em um mundo caótico. A violência tem crescido e vemos notícias muito tristes:  feminicídios, assassinatos, corrupção, violência, etc.

Mas a Bíblia já nos alerta para isso:

“Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará,  mas aquele que perseverar até o fim será salvo. “ (Mateus 24:12-13)

“Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios,  sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem,  traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus,  tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder. Afaste-se também destes. “( 2 Timóteo 3: 1-5)

Porém, o comportamento de cristão deve ser diferente:

Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!” (2 Coríntios 5:17)

 “Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.” (Gálatas 2:20)

Não mintam uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas práticas  e se revestiram do novo, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu  Criador.” (Colossenses 3:9-10)

Os textos acima nos ensinam que o cristão é transformado a partir de sua conversão, em uma nova criatura, segundo à imagem de Cristo. Isso não significa que deixamos de pecar. Mas, para o cristão o pecado deve ser um acidente, e não uma rotina. A santificação é um processo que só terminará no céu.

O cristão  deve ser sal e luz para o mundo.

“Vocês são o sal da terra. Mas se o sal perder o seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens.  Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte.  E, também, ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha. Pelo contrário, coloca-a no lugar apropriado, e assim ilumina a todos os que estão na casa.   Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus”. (Mateus 5:13-16)

Assim, o cristão deve dar bom testemunho, fazer as boas obras, ser imitador de Cristo, para que através disso, Deus seja glorificado. Ser sal da terra e luz do mundo significa ter uma vida que glorifica a Deus e leva outras pessoas a seguir Jesus.

A função do sal é dar sabor à comida. Nossa vida deve ser como o sal. Jesus nos chamou para fazermos a diferença no mundo, através das boas obras. Sem o amor de Jesus, que se reflete em nossas ações, o mundo fica sem graça. Da mesma forma, nossas vidas devem iluminar todos à nossa volta. Precisamos deixar que a luz de Cristo brilhe em tudo que fazemos.

Continue lendo...

A cruz e a piscina

piscinaUm excelente nadador tinha o costume de correr até a água e de molhar somente o dedão do pé antes de qualquer mergulho. Alguém intrigado com aquele comportamento, lhe perguntou qual a razão daquele hábito. O nadador sorriu e  respondeu:

“Há alguns anos eu era um professor de natação. Eu os ensinava a nadar e a saltar do trampolim. Certa noite, eu não conseguia dormir, e fui até a piscina para nadar um pouco. Não acendi a luz, pois a lua  brilhava através do teto de vidro do clube. Quando eu estava no trampolim, vi minha sombra na parede da frente. Com os braços abertos, minha imagem formava uma magnifica  cruz. Em vez de saltar, fiquei ali parado, contemplando minha imagem. Nesse  momento pensei na cruz de Jesus Cristo e em seu significado. Eu não era um  cristão, mas quando criança aprendi que Jesus tinha morrido na cruz para nos  salvar pelo seu precioso sangue. Naquele momento as palavras daquele  ensinamento me vieram a mente e me fizeram recordar do que eu havia aprendido sobre a morte de Jesus.

Continue lendo...

A Verdadeira Paz

Todos nós desejamos ter paz. Mas qual a diferença entre  a “Paz dos homens” e a “Paz de Cristo”?

Segundo o dicionário, o significado de paz é:

Calma; estado de calmaria, de harmonia, de concórdia e de tranquilidade. Sossego; em que há silêncio e descanso. Falta de problemas ou de violência; relação tranquila entre pessoas. (http://www.dicio.com.br)

Este é o conceito de paz dos homens. E se considerarmos o que o dicionário nos fala sobre a paz, ela está cada vez mais rara. Vivemos em um mundo cheio de guerras, violência, tribulações e aflições. Mas então, é possível  encontrarmos a paz? Eu te respondo: somente em Cristo. Ele é a verdadeira paz.

Continue lendo...

Feliz Páscoa!

Muito antes de Jesus, a Páscoa era uma festa comemorada pelos  Hebreus. Nesta data eles comemoravam a libertação do povo da escravidão no Egito.  Na Bíblia, no livro do Êxodo, vemos como Deus, através de  Moisés,  alertou o povo Hebreu sobre a morte de todos os primogênitos do Egito, salvo os  que sacrificassem um cordeiro e derramassem seu sangue sobre os umbrais das portas de suas casas. Desta forma, os filhos dos hebreus foram salvos da morte.
O povo Hebreu permaneceu comemorando todos os anos a Páscoa. Até o dia em que Jesus Cristo, o Cordeiro de Deus, foi sacrificado para nos salvar. Para os cristãos, a Páscoa também é uma festa de passagem, pois o Senhor Jesus deu-se em sacrifício pelos pecadores, mas foi ressuscitado por Deus, venceu a morte.
 Deus, em sua infinita bondade e amor para conosco, vendo-nos escravos do pecado, enviou o seu Filho Amado para nos libertar e nos dar vida eterna. Jesus deu-se em sacrifício santo e perfeito pelo perdão dos nossos pecados. E ressuscitou no terceiro dia, vencendo a morte e trazendo a libertação.

Continue lendo...

O Messias – A Profecia Cumprida (filme-2004)

Um filme excelente que indico para vocês assistirem todos os anos em preparação para a comemoração da Páscoa é “O Messias – A profecia cumprida” do ano de 2004.

O MessiasSinopse: Um dos mais atrativos dramas gospel que revela as raízes do  cristianismo. Uma apresentação dramática do nascimento do cristianismo, mostrando como um rabino (Nick Mancuso) se transforma num seguidor de Yeshua de Nazareth. Cheio do Espírito Santo, Rabi Yahudah embarca em uma viagem ardorosa para compartilhar as boas novas com o seu povo. Chega a sua cidade, precisamente um ano após a crucificação, a morte e a ressurreição do Messias. Agora o seu maior desafio é convencer do amor do esperado Messias filho de Davi, que finalmente chegou. Comece agora a ter uma experiência de poder e desafio que mudará sua vida.

Se não encontrar o filme para locação, assista no YouTube, clicando aqui.

A riqueza verdadeira

itaiacoca

“Não ajunteis para vós tesouros na terra; onde a traça e a ferrugem os consomem, e onde os ladrões minam e roubam; mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consumem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração.”(Mateus 6:19-21)

Não há nenhum problema em ter dinheiro. Ser rico não é pecado e ganhar dinheiro, desde que de forma honesta, não tem nada demais. A riqueza em si é uma bênção, pois toda a sabedoria e capacidade para conseguirmos alcançar o sucesso profissional ou nos negócios nos é dada por Deus.

Porém, o problema não é o dinheiro, mas o “amor ao dinheiro”, ou quando  a dedicação excessiva ao dinheiro torna-se “idolatria”.

“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”(Mateus 6:33

Continue lendo...

Salvação: dom maravilhoso de Deus

Como pode um pecador ser salvo? Como pode um homem injusto ser justificado diante de Deus que é Santo? Como posso eu ter a certeza da minha salvação? Afinal, o que preciso fazer para ser salvo? A salvação é pela fé ou pelas obras? Essas são perguntas muito frequentes e que causam dúvidas em muitas pessoas. Mas a Bíblia tem a resposta!

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor.”(Romanos 6:23)

O fundamento da nossa salvação está no sacrifício realizado por Cristo em nosso favor. Ele morreu pelos nossos pecados, substituiu-nos, pagou a nossa dívida, morreu a nossa morte e por isso fomos justificados diante do tribunal de Deus. A obra de Cristo por nós (e não a nossa obra) é a base da nossa salvação. A Bíblia nos diz que Cristo morreu por nós, mesmo nós sendo pecadores.

Continue lendo...

O maquinista

Passamos por momentos turbulentos. Outro dia, postei em minha conta em uma rede social a frase: “O noticiário parece um  filme de terror…” Vários dos meus amigos curtiram minha frase! Mas não é isso mesmo? Assaltos, sequestros, corrupção, crise financeira e política, terrorismo, falta de água, desastres ambientais…

Mas diante deste quadro, é preciso manter a fé e lembrar que Deus está no controle! E quem tem a Jesus como seu Senhor não precisa ficar preocupado, pois Ele está cuidando de tudo!  Como nos mostra a linda mensagem a seguir:

“Durante a Revolução Francesa, um trem transportando malotes precisava chegar a seu destino, através de 60 milhas de estradas sinuosas em uma hora. O maquinista era o responsável pelos malotes e sua esposa e filha estavam no trem. Continue lendo...

Buscando intimidade e comunhão com Deus

Encontrei esta ilustração que fala da busca por uma vida em constante comunhão e intimidade com Deus.

Compartilho a mensagem aqui no blog,  pois considerei bastante interessante:

Como ter uma vida de profunda comunhão com Deus?

Um jovem cristão subiu a montanha que ficava de frente ao mar, onde no topo morava um grande mestre cristão, conhecido por ter uma vida de grande comunhão e proximidade com Deus.

Perguntou o jovem:  – Mestre, o que eu faço para ter uma vida de profunda comunhão com Deus? Qual o segredo?

O sábio mestre, sem responder palavra alguma, se levantou, foi até à porta e sinalizou ao jovem que lhe acompanhasse por um caminho.

Desceram a montanha em um silêncio ensurdecedor, pois o jovem estava inquieto para saber a resposta sobre o segredo para se chegar mais perto de Deus.

Chegando à praia o mestre continuou caminhando em direção à água. A água batia nos pés, depois nas canelas, nos joelhos e o mestre continuava a ir cada vez mais para o fundo.

Continue lendo...

João 3:16

Em uma cidade, numa noite fria e escura de inverno, próximo a uma esquina por onde passavam várias pessoas, um garotinho vendia balas afim de conseguir alguns trocados. Mas o frio estava intenso e as pessoas já não paravam mais quando ele as chamava. Sem conseguir vender mais nenhuma bala, ele sentou na escada em frente a uma loja e ficou observando o movimento das pessoas. Sem que ele percebesse, um policial se aproximou.

-“Está perdido, filho?”
O garoto meneou a cabeça:
-“Só estou pensando onde vou passar a noite hoje… normalmente durmo em minha caixa de papelão, perto do correio, mas hoje o frio está terrível… O senhor sabe me dizer se há algum lugar onde eu possa passar esta noite?”
O policial mirou-o por uns instantes e coçou a cabeça, pensativo.
– “Se você descer por esta rua”, disse ele apontando o polegar na direção de uma rua, à esquerda, – “lá embaixo vai encontrar um casarão branco; chegando lá, bata na porta e quando atenderem apenas diga: ‘João 3:16’.

Continue lendo...

Bem Vindo!
É com imensa alegria que recebo sua visita em meu blog.
Fique à vontade, navegue pelos artigos e páginas e deixe seus comentários.
Meu perfil:

Sandra R. Wichert Cisco
Ponta Grossa - PR

Página pessoal criada em 2004, repaginada em 2015.

Calendário 2020
Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por email.

TOP 15:
Artigos por categoria
Pesquisa Bíblica