"Página da Sandra"
Blog com mensagens, culinária, fé, ecologia, variedades…

Jesus: Luz do Mundo

“No começo aquele que é a Palavra já existia. Ele estava com Deus e era Deus. Desde o princípio, a Palavra estava com Deus. Por meio da Palavra, Deus fez todas as coisas, e nada do que existe foi feito sem ela. A Palavra era a fonte da vida, e essa vida trouxe a luz para todas as pessoas. A luz brilha na escuridão, e a escuridão não conseguiu apagá-la.” (João 1:1-5 NTLH)

Entenda melhor:

1.       A origem do pecado:

Todos nós, homens e mulheres, somos pecadores, como nos diz o apóstolo Paulo em sua carta aos Romanos:

…“como está escrito: Não há justo, nem um sequer.” (Romanos 3:10 ARA)

“Todos pecaram e estão afastados da presença gloriosa de Deus”. (Romanos 3:23 NTLH)

A origem do pecado do homem está no início dos tempos. O livro do Gênesis nos diz que Deus criou o céu e a terra, os vegetais, as estrelas, o mar e os animais, e ao final viu que tudo “era bom”. Então Deus criou o ser humano, à sua imagem e semelhança e o colocou no Jardim do Éden, para que tivesse muitos filhos, povoasse o mundo e dominasse a terra. Deus deu ao primeiro homem o nome de Adão e à sua mulher o nome de Eva. E Deus viu que, agora com a presença do ser humano, tudo que havia feito era “muito bom”. (Ver livro do Gênesis capítulos 1 e 2)

O ser humano é a Coroa da Criação do Senhor, feito à Sua imagem e semelhança e por isso, Deus o dotou da capacidade de escolher e tomar decisões, assumindo assim também as conseqüências de suas escolhas. Deus tinha pelo homem um grande amor, mas queria que o homem também o amasse, demonstrando amor através da obediência. No Jardim do Éden, o homem era perfeito e feliz, conhecia a Deus, amava-o, relacionava-se com o seu Criador. E assim deveria permanecer, contanto que continuasse a obedecer a Deus em todas as coisas. Mas, não existe obediência sem a possibilidade de desobediência. Deus não queria que o homem fosse um boneco, um ser sem vontade própria, mas sim que o homem o amasse e o obedecesse por sua própria vontade. Para tanto, Deus colocou no centro do Jardim do Éden uma árvore e ordenou ao homem:

“… De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás”.(Gênesis 2:16-17 ACF)

Deus disse ao homem que poderia comer dos frutos de qualquer árvore do jardim, exceto a árvore que estava no centro do jardim, a Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal. Se comesse desta fruta, morreria. A desobediência a essa regra simples, acarretaria em pecado, afastando-o de Deus. Como  Deus é a fonte de toda vida, a consequência deste afastamento seria a morte.

Mas a serpente, que é Satanás, o diabo, passou a tentar Eva dizendo:

“… Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal” (Gênesis 3:4-5 ACF)

Satanás tentou Eva, dizendo que se comesse da fruta, seria muito poderosa. Eva então comeu do fruto proibido e deu a seu marido, que também comeu. O ser humano preferiu crer na serpente a crer em Deus. O pecado de Adão e Eva foi, portanto, a incredulidade, a falta de fé,  a desobediência e a escolha de ouvir e obedecer a Satanás no lugar de obedecer ao mandamento dado por Deus. O homem tinha total capacidade para manter-se em obediência, mas escolheu o caminho do pecado, conhecendo quais seriam as conseqüências de seus atos. E este foi o pecado que separou o homem de Deus. O Criador então cumpriu o que havia dito e expulsou o homem do Jardim do Éden, pois como diz a bíblia:

…“e o pecado, uma vez consumado, gera a morte”.(Tiago 1:15 ARA)

“Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça” (Isaías 59:2 ACF)

2. O Messias:

Através do pecado de um homem, o mundo todo pecou e foi separado da presença gloriosa de Deus. Mas Deus nos ama infinitamente e Ele já tinha um plano perfeito para trazer o homem de volta à sua presença. Sendo onisciente (sabedor de todas as coisas) e sabendo que o homem cairia, Deus antecipadamente já tinha um plano preparado para a  redenção do homem. O plano de salvação de Deus consistia em alguém morrer pelo pecador, mas alguém que não tivesse pecado, que não tivesse mácula. Entretanto, somente o próprio Deus  tem esta condição, apenas Ele é Santo. Deus então promete ao homem um redentor, o Messias (que quer dizer “o enviado”).

“Povos do mundo inteiro, voltem para mim, e eu os salvarei, pois eu sou Deus, e não há nenhum outro. (Isaías 45:22 NTLH)

Durante milênios, Deus anunciou através de seus profetas  a vinda de um salvador, de um redentor: o Messias. A Bíblia nos fornece mais de 100 profecias acerca do Messias de Deus. Eis algumas:

“Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel.” ( Isaías 7:14 ACF)

“O SENHOR Deus diz: — Belém-Efrata, você é uma das menores cidades de Judá, mas do seu meio farei sair aquele que será o rei de Israel. Ele será descendente de uma família que começou em tempos antigos, num passado muito distante.” (Miquéias 5:2 NTLH)

“Os reis de Társis e das ilhas trarão presentes; os reis de Sabá e de Sebá oferecerão dons.” (Salmo 72:10 ARC)

“A pedra que os construtores rejeitaram, essa veio a ser a principal pedra, angular.” (Salmo 118:22 ARA)

“Alegre-se muito, povo de Sião! Moradores de Jerusalém, cantem de alegria, pois o seu rei está chegando. Ele vem triunfante e vitorioso; mas é humilde, e está montado num jumento, num jumentinho, filho de jumenta”.(Zacarias 9:9 NTLH)

Aproximadamente 700 anos antes do nascimento de Cristo, o profeta Isaías profetizou acerca do salvador:

“Ele foi rejeitado e desprezado por todos; ele suportou dores e sofrimentos sem fim. Era como alguém que não queremos ver; nós nem mesmo olhávamos para ele e o desprezávamos.

No entanto, era o nosso sofrimento que ele estava carregando, era a nossa dor que ele estava suportando. E nós pensávamos que era por causa das suas próprias culpas que Deus o estava castigando, que Deus o estava maltratando e ferindo.

Porém ele estava sofrendo por causa dos nossos pecados, estava sendo castigado por causa das nossas maldades. Nós somos curados pelo castigo que ele sofreu, somos sarados pelos ferimentos que ele recebeu.

Todos nós éramos como ovelhas que se haviam perdido; cada um de nós seguia o seu próprio caminho. Mas o SENHOR castigou o seu servo; fez com que ele sofresse o castigo que nós merecíamos.

Ele foi maltratado, mas agüentou tudo humildemente e não disse uma só palavra. Ficou calado como um cordeiro que vai ser morto, como uma ovelha quando cortam a sua lã.

Foi preso, condenado e levado para ser morto, e ninguém se importou com o que ia acontecer com ele. Ele foi expulso do mundo dos vivos, foi morto por causa dos pecados do nosso povo.

Foi enterrado ao lado de criminosos, foi sepultado com os ricos, embora nunca tivesse cometido crime nenhum, nem tivesse dito uma só mentira.

O SENHOR Deus diz: “Eu quis maltratá-lo, quis fazê-lo sofrer. Ele ofereceu a sua vida como sacrifício para tirar pecados e por isso terá uma vida longa e verá os seus descendentes. Ele fará com que o meu plano dê certo.

Depois de tanto sofrimento, ele será feliz; por causa da sua dedicação, ele ficará completamente satisfeito. O meu servo não tem pecado, mas ele sofrerá o castigo que muitos merecem, e assim os pecados deles serão perdoados.

Por isso, eu lhe darei um lugar de honra; ele receberá a sua recompensa junto com os grandes e os poderosos. Pois ele deu a sua própria vida e foi tratado como se fosse um criminoso. Ele levou a culpa dos pecados de muitos e orou pedindo que eles fossem perdoados.”  (Isaías 53:3-12 NTLH)

Nos textos bíblicos acima, vemos que o Messias deveria nascer de uma virgem em Belém, ser anunciado como o  Emanuel (que quer dizer Deus Conosco), ser visitado pelos sábios que lhe dariam presentes, ser rejeitado pelo seu próprio povo (os judeus),  entrar em Jerusalém montado em um jumento. Na profecia de Isaias, vemos com detalhes todo o sacrifício e morte do Servo do Senhor. Todas estas e também  as demais profecias descritas no antigo testamento sobre o Messias foram cumpridas através de Jesus Cristo, conforme podemos ler nos evangelhos. Deus cumpriu a sua promessa e enviou um salvador que morreu em nosso lugar, pagando de uma vez por todas pelos  nossos pecados.

“E, porque Jesus Cristo fez o que Deus quis, nós somos purificados do pecado pela oferta que ele fez, uma vez por todas, do seu próprio corpo.”( Hebreus 10:10 – NTLH)

3. A salvação do homem através da fé em Cristo:

A Bíblia nos fala que o amor de Deus pelos homens é tão imenso que Ele enviou o seu próprio filho, o Messias, o Redentor, para que através de sua morte Ele nos resgatasse do nosso pecado.

Jesus Cristo foi o único ser humano que nasceu sem o pecado, porque foi milagrosamente concebido pelo Espírito Santo sem a participação do homem. Assim, Cristo não herdou o pecado de Adão, e através da sua vida, morte e ressurreição é que nós somos resgatados da condenação do pecado, como nos diz a Bíblia:

“Pois o próprio Cristo sofreu uma vez por todas pelos pecados, um homem bom em favor dos maus, para levar vocês a Deus. Ele morreu no corpo, mas foi ressuscitado no espírito”. (1Pedro 3:18 NTLH)

“assim como um só pecado condenou todos os seres humanos, assim também um só ato de salvação liberta a todos e lhes dá a vida”. (Romanos 5: 18 NTLH)

“Mas Deus mostrou o quanto nos ama: Cristo morreu por nós quando ainda vivíamos no pecado”. (Romanos 5:8 NTLH)

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. (João 3:16 ACF)

Jesus é o cordeiro de Deus, sacrificado em nosso lugar para nos libertar do pecado. O sacrifício de Cristo é perfeito e completamente aceitável por Deus, pois Ele é o próprio Deus encarnado, como nos fala o  apóstolo João em seu evangelho:

“Antes de ser criado o mundo, aquele que é a Palavra já existia. Ele estava com Deus e era Deus. Desde o princípio, a Palavra estava com Deus. Por meio da Palavra, Deus fez todas as coisas, e nada do que existe foi feito sem ela.” (João 1:1-3 NTLH)

“A Palavra se tornou um ser humano e morou entre nós, cheia de amor e de verdade. E nós vimos a revelação da sua natureza divina, natureza que ele recebeu como Filho único do Pai”.(João 1:14 NTLH)

O próprio Jesus confirmou que Ele era Deus, quando respondeu a Filipe:

“Jesus respondeu: – Faz tanto tempo que estou com vocês, Filipe, e você ainda não me conhece? Quem me vê vê também o Pai. Por que é que você diz: “Mostre-nos o Pai”? Será que você não crê que eu estou no Pai e que o Pai está em mim? Então Jesus disse aos discípulos: – O que eu digo a vocês não digo em meu próprio nome; o Pai, que está em mim, é quem faz o seu trabalho.” (João 14:9-10 NTLH)

Ou ainda quando respondeu ao povo:

“As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;  E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.   Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai. Eu e o Pai somos um.”  (João 10:27-30 ACF)

A salvação do homem não se dá por mérito próprio. O homem não pode salvar-se a si mesmo. Somente Jesus Cristo pode com seu sacrifício salvar a todo o que Nele crer. Não é possível ao homem salvar-se através da caridade, do pagamento de promessas, penitências e sacrifícios, como nos diz Paulo na carta aos Efésios:

“Pois pela graça de Deus vocês são salvos por meio da fé. Isso não vem de vocês, mas é um presente dado por Deus. A salvação não é o resultado dos esforços de vocês; portanto ninguém pode se orgulhar de tê-la. Pois foi Deus quem nos fez o que somos agora; em nossa união com Cristo Jesus, ele nos criou para que fizéssemos as boas obras que ele já havia preparado para nós” (Efésios 2: 8 -10 NTLH)

Portanto, fazer o bem, a caridade, amar ao próximo, ter uma vida limpa é nossa obrigação, mas o que nos salva é a nossa fé no que Jesus fez por nós. Existem várias religiões, várias filosofias de vida que nos prometem caminhos para Deus, mas a Bíblia nos mostra que  somente por Jesus Cristo é que somos salvos e que não há outro intercessor ou mediador, não há outro redentor e não há outro evangelho:

“A salvação só pode ser conseguida por meio Dele. Pois não há no mundo inteiro nenhum outro que Deus tenha dado aos seres humanos, por meio do qual possamos ser salvos”. (Atos 4:12 NTLH)

“Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo;” (1João 2:1 ARA)

“o qual (Deus) deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade. Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem, o qual a si mesmo se deu em resgate por todos: testemunho que se deve prestar em tempos oportunos.” (1 Timóteo 2:4-6 ARA)

“Povos do mundo inteiro, voltem para mim, e eu os salvarei, pois eu sou Deus, e não há nenhum outro. (Isaías 45:22 NTLH)

“Assim, como já dissemos, e agora repito, se alguém vos prega evangelho que vá além daquele que recebestes, seja anátema..”  (Gálatas 1 : 9 ARA)

A salvação de Cristo é para todos aqueles que crerem Nele, pois a Bíblia ainda nos diz que:

“Se você disser com a sua boca: ‘Jesus é o Senhor’ e no seu coração crer que Deus ressuscitou Jesus, você será salvo”. (Romanos 10: 9-10 NTLH)

“Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome” (João 1:12 ACF)

Por isso, só existe um caminho que nos leva a Deus: Jesus Cristo. Por que Jesus é o Caminho, e Ele é o único caminho, conforme suas  próprias palavras:

Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém pode chegar ao Pai a não ser por Mim.” (João 14: 6 NTLH)

Ou ainda:

” Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim nunca morrerá.” ( João 11: 25-26 NTLH)

4. Como fazer para receber Jesus como  Salvador e Senhor?

Aceitar a Jesus é crer na verdade escrita na Bíblia. É acreditar que Jesus Cristo é o Messias de Deus e que Ele morreu na cruz para nos redimir de todo pecado. Mas Deus ressuscitou Jesus e Ele hoje está vivo e nos ama infinitamente. Aceitar a Jesus é pedir que  Ele entre em nossas vidas e que seja o nosso único e suficiente Salvador e Senhor de nossa  vida.

Para isso, é necessário falar com Jesus através de uma oração como esta:

“Jesus, eu reconheço que sou pecador e que não posso salvar a mim mesmo. Eu me arrependo e peço perdão por todos os meus pecados. Entre, Senhor, na minha vida e me transforme. Eu te aceito, Jesus, como  meu único e suficiente Senhor e Salvador e te agradeço pela tua graça e misericórdia.”

Se você fez esta oração de todo teu coração, com sinceridade e fé, você agora é uma nova criatura e tudo será novo em teu viver:

“E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.” (2 Coríntios 5:17 ARA)

Nas citações bíblicas, considerar:

NTLH – Nova Tradução na Linguagem de Hoje – Sociedade Bíblica do Brasil

ARA – João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada

ACF – João Ferreira de Almeida Corrigida e Fiel

ARC – João Ferreira de Almeida Revista e Corrigida

3 respostas para Jesus: Luz do Mundo

  • Eu creio na palavra e nos milagres desde que conheci a palavra venho me fortalecendo nela em espirito pois minha mãe foi diagnosticada com cancer no estomago e nodulos no figado metastase pedi ao PAI que fosse feito a vontade dele e nao a minha pois a minh; que era que ela vivesse, mais primeiro a vontade do pai e entreguei nas mãos dele para a vida ou para a morte e assim posso dar meu testemunho que hoje ela faz quimeoterapia esta se recuperando aos poucos do efeito e sinto a restauração da vida dela em nome de JESUS PARA TODO E SEMPRE AMÉM.

  • Jesus Cristo é o Senhor!! Santo, Maravilhoso, Todo Poderoso, Rei dos Reis, Senhor da minha vida e de tudo o que possuo.
    Sem Jesus não seria nada.

Comente este artigo

Bem Vindo!
É com imensa alegria que recebo sua visita em meu blog.
Fique à vontade, navegue pelos artigos e páginas e deixe seus comentários.
Meu perfil:

Sandra R. Wichert Cisco
Ponta Grossa - PR
E-mail para contato: contato@hpbysandra.com.br

Página pessoal criada em 2004, repaginada em 2015.

Banner
banner_3
Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por email.

Estatísticas
Visitas hoje: 160
Visitantes online: 1
Seu IP:54.80.89.146
Em 2015:
84.096 visitas

Em 2016:
92.432 visitas
Artigos por categoria
Artigos sugeridos
Banner da Página
Banner do Site
Previsão do Tempo
Pesquisa Bíblica
Banner
Banner
Versículo Diário
Então, ou seja eu ou sejam eles, assim pregamos e assim haveis crido. (1 Corintios:15:11)
Calendário
junho 2017
D S T Q Q S S
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930