"Página da Sandra"
Blog com mensagens, culinária, fé, ecologia, variedades…

Não julgar, para não ser julgado.

“E por que se preocupar com um cisco no olho dum irmão, quando você tem uma tábua no seu próprio olho? ”(Mateus 7:3 Bíblia Viva)

mateusProcurar defeitos e apontar falhas nas outras pessoas é uma tarefa fácil para a maioria de nós. Porém, aceitar nossos próprios defeitos e falhas, ou mesmo aceitar críticas feitas pelos outros sobre nós é muito mais difícil, não é?

Neste versículo, Jesus nos fala sobre a necessidade de reconhecermos nossos erros e pecados antes de apontarmos para o próximo, pois todos somos pecadores. Meu pecado pode não ser o mesmo do meu irmão, mas com certeza, eu também tenho os meus pecados e isso faz com que eu não seja nem melhor, nem pior. Somos todos pecadores!

“Sim, todos pecaram; todos fracassaram, e não puderam alcançar o glorioso ideal de Deus.” (Romanos 3:23 Bíblia Viva)

Portanto, Cristo nos adverte para não julgarmos. Mas que cada um examine a si mesmo e veja quais são os seus erros, no que tem falhado e corrija sua vida, pois não há quem seja perfeito e justo diante de Deus.

“Fingido! Livre-se da tábua primeiro, assim você poderá enxergar para ajudar seu irmão”. (Mateus 7:5 Bíblia Viva)

Veja este exemplo maravilhoso no Evangelho de João:3-11

Quando estava falando, os líderes judaicos e os fariseus trouxeram uma mulher apanhada em adultério e a colocaram na frente da multidão.  “Mestre”, disseram a Jesus, “esta mulher foi encontrada no próprio ato de adultério.  A lei de Moisés manda que seja morta. O que o Senhor acha? ”  Eles estavam procurando apanhar Jesus dizendo alguma coisa que pudessem usar contra Ele, mas Ele se abaixou e escrevia na terra com o dedo.  Ficaram esperando uma resposta; então Ele Se ergueu e disse: “Muito bem, joguem pedras até ela morrer. Mas só aquele que nunca pecou pode jogar a primeira! ”  Depois abaixou-Se de novo e escreveu mais um pouco na terra.
Os líderes judaicos foram saindo um a um, começando pelos mais idosos, até que só deixaram Jesus com a mulher diante da multidão.
Então Jesus Se ergueu novamente e disse a ela: “onde estão os seus acusadores? Nenhum deles condenou você? ”
“Não Senhor”, disse ela. E Jesus disse: “Eu também não. Vá embora e não peque mais”.

Somente Jesus Cristo, o Filho de Deus, que não tem nenhum pecado, poderia  julgá-la. Mas ele não a condenou… Pense nisso!

Comente este artigo

Bem Vindo!
É com imensa alegria que recebo sua visita em meu blog.
Fique à vontade, navegue pelos artigos e páginas e deixe seus comentários.
Meu perfil:

Sandra R. Wichert Cisco
Ponta Grossa - PR
E-mail para contato: contato@hpbysandra.com.br

Página pessoal criada em 2004, repaginada em 2015.

Calendário 2019
Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por email.

TOP 15:
Artigos por categoria
Pesquisa Bíblica