"Página da Sandra"
Blog com mensagens, culinária, fé, ecologia, variedades…

Nossas Araucárias

Conhecida por muitos nomes populares, como pinheiro-brasileiro e pinheiro-do-paraná, ou pelo  seu nome de origem indígena “curi”, a Araucária é a árvore símbolo do Estado do Paraná, estando presente no brasão oficial de  cidades como Ponta Grossa e Araucária, entre outros. Deu ainda origem ao nome da Capital do Estado do Paraná, Curitiba, que em tupi-guarani quer dizer muito pinheiro ou terra dos pinheirais.

Sua forma é única,  parecendo uma taça. Esta conífera dióica pode atingir alturas de  até 50m, com um diâmetro de tronco à altura do peito de 2,5 m. Intensamente explorada por seu alto valor econômico, sendo uma madeira utilíssima,  de alta qualidade para fabricação de móveis e boa matéria-prima para papel e celulose. Suas  sementes  são um alimento nutritivo e delicioso, o “pinhão”.

Originalmente, a Floresta de Araucárias  ocupava uma área de cerca de 200 mil km², de forma  mais contínua principalmente nos estados do Sul, e de forma esparsa e irregular na região Sudeste. Hoje, seu território está reduzido a uma fração mínima, cerca de 1% de sua área original, e uma das espécies que mais sofreu foi a araucária, o que segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN) coloca a araucária em Perigo Crítico de Extinção.

Pinhão

Pinhão

Várias leis protegem esta árvore magnífica.  A Carta Régia de 13 de março de 1797, já reservava os pinheiros para uso exclusivo da Coroa portuguesa.  Decretos, leis e portarias definem a proteção das árvores, disciplinam a comercialização das sementes,  dispõe sobre o corte e a exploração. O Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) publicou uma extensa série de normas regulando o uso das florestas na Região Sul. Em maio de 2001 o CONAMA determinou ao IBAMA a suspensão das autorizações concedidas, por ato próprio ou por delegação, para corte e exploração de espécies ameaçadas de extinção constantes na lista oficial daquele órgão, entre elas ,  a araucária.

Fonte de pesquisa das informações: Wikipédia e Embrapa

No meio urbano, poucos são os exemplares ainda existentes. Com o crescimento da cidade, a maioria foi cortada para dar lugar a edificações. Ponta Grossa, anteriormente uma cidade repleta de pinheiros , hoje possui poucas araucárias em seu cenário urbano. Como uma homenagem a esta árvore linda e tão preciosa, elaboramos um álbum com as fotos dos pinheiros ainda existentes em nossa cidade, com um enorme desejo de que sejam preservados.

Clique para visualizar:

Comente este artigo

Bem Vindo!
É com imensa alegria que recebo sua visita em meu blog.
Fique à vontade, navegue pelos artigos e páginas e deixe seus comentários.
Meu perfil:

Sandra R. Wichert Cisco
Ponta Grossa - PR
E-mail para contato: contato@hpbysandra.com.br

Página pessoal criada em 2004, repaginada em 2015.

Banner
banner_3
Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por email.

Estatísticas
Visitas hoje: 237
Visitantes online: 1
Seu IP:54.162.128.159
Em 2015:
84.096 visitas

Em 2016:
92.432 visitas
Artigos por categoria
Artigos sugeridos
Banner da Página
Banner do Site
Previsão do Tempo
Pesquisa Bíblica
Banner
Banner
Versículo Diário
Mas eu vos digo que de toda a palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo. (Mateus:12:36)
Calendário
julho 2018
D S T Q Q S S
« mai    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031